A retomada dos festivais musicais

Por: Paulo Albuquerque

06/11/2018 - 22:59h

Tem um clássico do compositor mineiro Beto Guedes que começa numa saudação à primavera. O verso inicial diz assim: “quando entrar setembro…”…

…eu não sei porque, mas este início do texto da música de Beto Guedes sempre me disse bem mais do que está explícito ali. Eu facilmente associo a frase a situações novas, boas novas. É, pra mim, como um prenúncio de mudanças que chegam pra me deixar de bem com a vida. Ou seja, como procuro ver beleza nas coisas, volta e meia me vejo cantarolando Sol de Primavera (este é o nome da música do Beto). Canto pra mim, sem que os outros ouçam. É como se fosse um bálsamo pra meu espírito…

…novembro de 2018. A ‘Sol de Primavera’ veio mais forte do que nunca…

…o Guru Festival – Festival da Canção de Gurupi – chega em um momento importante pra mim e pra muita gente, acredito…

…estamos vivendo tempos difíceis no País; é muita transição a um só tempo, e diante de tantas incertezas estamos com um festival de música em nosso quintal…

…ora! Um festival de música autoral, com a participação de compositores de várias cidades brasileiras, que trazem pra Gurupi uma lufada de ar diferente!…

…que coisa maravilhosa!…

…eu tive a oportunidade de ouvir as músicas inscritas; pude captar o sentimento destas pessoas que, como diz Genésio Tocantins, são as antenas da sociedade (se referindo aos criadores), e me alegrou profundamente detectar como eles, em sua maioria, captaram os sentimentos do povo brasileiro na atualidade. São, realmente, as antenas da sociedade…

… quem estiver em Gurupi e região nestes dias não pode perder esta rica oportunidade de acompanhar o evento…

…creio que a prefeitura de Gurupi age à altura do que se espera do poder público enquanto agente a serviço do bem comum. Veja: além das sementes que sempre ficam depois de festivais como este, há toda uma cadeia da economia que acaba se beneficiando. O comércio, os serviços, os artistas, os professores, os estudantes, o público em geral, todos ganham…

…eu estou bem feliz, porque num passado não muito distante fiz dez edições do FESC. Depois a prefeitura acabou fazendo mais três (ou quatro edições). Temos em Gurupi uma linda história de amor aos festivais de música, que o digam os mais antigos, lembrando o Festival do CRA, nos anos setenta e oitenta…

…o Guru Festival recoloca nossa cidade no circuito das comunidades que se preocupam e investem na formação de público e de novos artistas; gente que por certo vai compreender melhor o real papel da arte em nossas breves vidas…

…parabéns ao Laurez Moreira e aos vereadores da cidade, afinal, o Guru Festival está instituído por lei. Todos os anos ele vai acontecer.

 

 

Busca rapida:

“Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade de seus autores, não havendo nenhum vínculo de opinião com a Redação da equipe do Jornal Cocktail”